contato@escolahappyhouse.com.br (11) 2758-4340 Rua Caraíba, 201 - Jardim do Mar - SBC/SP

Conheça o futuro do seu filho!

“Se houver para a humanidade uma esperança de salvação e de ajuda,
esta ajuda só pode vir da criança, porque é nela que se constrói o homem.”

Maria Montessori

Porque escolher a Happy House?

Nossa escola oferece educação e atenção individualizada às crianças da educação infantil e berçário.

Nosso objetivo é educar para a liberdade, através da valorização da capacidade natural de aprendizado de cada criança.

MISSÃO

Nossa missão é contribuir para a formação de crianças ativas e autônomas, abertas às mudanças, com espírito crítico diante da realidade e preparadas para lidar com os desafios do dia a dia.

VISÃO

Ajudar cada criança a alcançar o máximo do seu desenvolvimento em todas as áreas de sua vida.

VALORES

Respeito e cuidado consigo, com o outro e com o ambiente; confiança; integridade e ética; transparência; acolhimento; afetividade; profissionalismo; capacitação constante; responsabilidade social e ambiental.

Turmas

Um dos grandes objetivos da pedagogia Montessori é oferecer o mundo à criança. A organização das salas com crianças da mesma idade dificulta esse espelhamento. No mundo real todos nós trabalhamos e convivemos com pessoas de diferentes idades e obtemos a oportunidade de aprender uns com os outros, então, para que esse mundo seja apresentado, nossas turmas são divididas por grupos etários de acordo com os planos e estágios de desenvolvimentos propostos por Maria Montessori.

Agrupada 1

De 0 a 3 anos
Período em que mente absorvente da criança é inconsciente. Absorve sem distinção do que é bom e do que é ruim. Ainda não há escolhas conscientes. Se a ela vive em um ambiente feliz, de conforto e segurança, ela é capaz de desenvolver toda a sua potencialidade.

Nossa agrupada 1 é subdividida em:
- Nido: Bebês de 4 meses a 1 ano
- Kinder 1: Crianças de 1 a 3 anos
- Kinder 2: Crianças 2 a 3 anos

Agrupada 2

De 3 anos a 6 anos
A mente absorvente consciente
Neste agrupamento serão formalizados muitos conteúdos que foram intuídos na fase anterior. A criança continua absorvendo os estímulos à sua volta, porém, agora, ela percebe e tem maior interesse por suas conquistas. O ambiente Montessori preparado para essas crianças oferece estímulos que apresentam a ela o mundo de uma forma concreta permitindo que desenvolva as capacidades cognitivas e motoras de forma natural. Há um grande despertar para leitura, escrita e os numerais.

Nossa agrupada 2 é subdividida em:
- Kinder 3: de 3 a 4 anos
- Kinder 4: de 4 a 5 anos
- Kinder 5: de 5 a 6 anos

Princípios

Autonomia da criança, dando a ela liberdade no seu processo de aprendizado.

Autoeducação

As crianças são naturalmente curiosas e têm a capacidade de aprender de forma independente. Para isso o ambiente é cuidadosamente preparado para estimular a exploração e o aprendizado autônomo, com materiais educativos específicos e liberdade para escolher atividades. O papel do educador é ser um guia e facilitador, em vez de um instrutor direto.

Educação cósmica

Visa conectar as crianças ao universo como um todo, enfatizando a interconexão de todas as formas de vida e o papel do ser humano no contexto cósmico. Ela busca desenvolver um senso de responsabilidade e respeito pelo ambiente e promove uma compreensão holística do mundo, integrando ciência, cultura, história e ética no currículo. Essa abordagem procura despertar a curiosidade natural das crianças e incentivar a exploração independente e o aprendizado autônomo.

Educação como ciência

Esse princípio tem o foco na observação das crianças, já que todo o processo de ensino é baseado na observação feita pelo educador para que ele possa orientar devidamente a criança. Por isso, enquanto as crianças “brincam”, o adulto as observa e analisa os seus atos.

Ambiente preparado

Espaço cuidadosamente organizado e adaptado para promover a independência, a exploração e o aprendizado autônomo das crianças. É projetado para atender às necessidades e interesses individuais dos alunos, com materiais educativos acessíveis e arrumados de forma ordenada. O ambiente é pensado para encorajar a autodisciplina, a concentração e o desenvolvimento das habilidades práticas e cognitivas das crianças.

Adulto preparado

A função do adulto é observar a criança e intervir somente quando for necessário. A principal regra desse princípio é nunca fazer pela criança aquilo que ela pode fazer sozinha. O adulto preparado é aquele que, ao observar a criança e os seus atos, percebe as possibilidades de fazer com que ela aprenda.

Criança equilibrada

Uma criança concentrada é uma criança em equilíbrio. É importante que não haja a interrupção de um adulto neste momento. Além da concentração, esse tópico também envolve o bem-estar da criança. O equilíbrio é um princípio chave para o pensamento montessoriano, pois é a partir dele que o processo educacional se desenvolve.

Método Montessoriano

O aprendizado através da metodologia Montessoriana é composto por 5 áreas principais. É o caso das escolas e jardins que optam por este formato de ensino, como também nos espaços das residências, onde as famílias querem implementar o método em diversos momentos do dia-a-dia das crianças.

Vida Prática

Esta área tem como objetivo a preparação das crianças para experiências da vida real.

A área de vida prática na abordagem Montessori é uma parte fundamental do ambiente preparado para crianças. Ela se concentra em atividades cotidianas que promovem independência, autonomia e habilidades práticas essenciais para a vida diária. Essas atividades incluem cuidar de si mesmo, cuidar do ambiente e interagir de maneira respeitosa e colaborativa com os outros.
O objetivo da área de vida prática é permitir que a criança desenvolva habilidades motoras finas e grossas, coordenação olho-mão, concentração, senso de ordem e responsabilidade. As atividades são apresentadas de forma sequencial e progressiva, começando com tarefas simples e evoluindo para atividades mais complexas à medida que a criança ganha confiança e habilidade.
As atividades de vida prática incluem tarefas como arrumar a mesa, vestir-se sozinho, limpar e cuidar das plantas, entre outras. Cada uma delas é projetada para ser adequada ao desenvolvimento da criança e oferece oportunidades de aprendizado significativo.
Ao participar dessas atividades, a criança não apenas adquire habilidades práticas essenciais, mas também desenvolve um senso de dignidade, autoestima e responsabilidade. Além disso, a área de vida prática contribui para a formação de uma base sólida para futuras habilidades acadêmicas e sociais, preparando a criança para se tornar um membro ativo e independente da sociedade.

Sensorial

A área sensorial é direcionada para que a criança possa atingir o máximo de desenvolvimento das habilidades sensoriais naturais e próprias dos seres humanos.

A abordagem Montessori valoriza profundamente o desenvolvimento sensorial das crianças como base fundamental para o aprendizado. A área sensorial em Montessori é um ambiente cuidadosamente preparado, projetado para estimular os sentidos das crianças, promovendo a exploração, a observação e o entendimento do mundo ao seu redor.
Nessa área, são oferecidos materiais sensoriais específicos, como os "Materiais Sensoriais de Montessori", que englobam texturas, cores, tamanhos, formas e pesos diversos. Esses materiais são projetados para desenvolver habilidades cognitivas, motoras e perceptuais das crianças, permitindo-lhes fazer conexões entre suas experiências sensoriais e conceitos abstratos.
O objetivo principal da área sensorial é ajudar as crianças a aprimorar suas habilidades de discriminação sensorial, concentração e coordenação motora. À medida que exploram e manipulam os materiais sensoriais, as crianças desenvolvem sua capacidade de observação, resolução de problemas e autodirecionamento, características essenciais para o aprendizado ao longo da vida.
Além disso, a área sensorial em Montessori promove a independência, permitindo que as crianças escolham e trabalhem com os materiais sensoriais de forma autônoma, desenvolvendo um senso de autoconfiança e autoestima.
Em resumo, a área sensorial em Montessori desempenha um papel crucial no desenvolvimento infantil, enfatizando a importância da exploração sensorial e da experiência direta como base para o aprendizado significativo. Ela ajuda as crianças a desenvolver habilidades essenciais para a vida, ao mesmo tempo em que nutre sua curiosidade inata e seu amor pelo conhecimento.

Matemática

Nesta área desenvolve-se o raciocínio lógico.

A abordagem Montessori na educação infantil enfatiza uma aprendizagem matemática hands-on e exploratória desde os primeiros anos.
Através de materiais sensoriais e atividades práticas, as crianças desenvolvem uma compreensão fundamental dos conceitos matemáticos.
Inicialmente, foca-se em números, quantidades e padrões. Utilizando blocos, contas e outros recursos tangíveis, as crianças aprendem a contar, comparar, classificar e relacionar números.
Com o tempo, avançam para operações básicas como adição, subtração, multiplicação e divisão, sempre com auxílio de materiais concretos que permitem uma compreensão concreta dos conceitos abstratos.
A progressão é adaptada ao ritmo de cada criança, permitindo um aprendizado personalizado e profundo.
Além disso, o ambiente Montessori estimula o pensamento independente, a resolução de problemas e a descoberta, cultivando uma base sólida e positiva para o desenvolvimento matemático ao longo da vida.

Linguagem

Nesta área trabalhamos em todos os aspectos relacionados com as palavras . . .

Na educação infantil Montessori, a abordagem à linguagem e alfabetização é holística e centrada na criança. Acredita-se que o período sensível para a aquisição da linguagem ocorre entre o nascimento e os seis anos de idade. Portanto, o ambiente Montessori é cuidadosamente preparado para estimular a exploração e a absorção natural da linguagem.
A sala de aula Montessori oferece uma rica variedade de materiais sensoriais e manipulativos, como letras móveis, objetos com nomes escritos e livros ilustrados. Esses materiais são projetados para envolver os sentidos da criança, promovendo a compreensão e a expressão da linguagem de forma lúdica e intuitiva.
O processo de alfabetização começa com atividades que desenvolvem a discriminação auditiva dos sons das letras, preparando o caminho para a associação entre som e símbolo. As crianças são encorajadas a traçar letras com os dedos e, posteriormente, a escrevê-las com lápis ou giz, o que fortalece a coordenação motora fina.
A leitura é abordada de maneira gradual e personalizada. As crianças têm acesso a uma variedade de livros adequados ao seu nível de desenvolvimento, permitindo que avancem no seu próprio ritmo. O educador atua como guia, observando as necessidades individuais e oferecendo suporte quando necessário.
Além disso, a narrativa e a expressão oral são valorizadas. As crianças são encorajadas a compartilhar histórias, experiências e ideias, promovendo o desenvolvimento da comunicação e da expressão pessoal.
Em resumo, na educação infantil Montessori, a linguagem e a alfabetização são abordadas de forma integrada, respeitando o ritmo e os interesses individuais das crianças. O ambiente preparado e os materiais cuidadosamente selecionados fornecem as ferramentas necessárias para uma exploração rica e significativa da linguagem desde os primeiros anos de vida.

Cultura

Nesta parte do conhecimento, reservada a cultura geral, é dedicada à vários assuntos como: a geografia e o aprendizado de novas línguas, ciências, botânica e zoologia, além da arte e conceitos da música.

O método Montessori na educação infantil tem como um de seus pilares fundamentais o desenvolvimento do conhecimento de mundo nas crianças. Essa abordagem pedagógica valoriza a autonomia e a curiosidade natural dos pequenos, proporcionando um ambiente rico em estímulos e oportunidades de aprendizado.
No contexto Montessori, o conhecimento de mundo é cultivado através de atividades práticas e sensoriais. As crianças são encorajadas a explorar materiais concretos, como mapas, globos, modelos tridimensionais e objetos relacionados ao mundo real. Essa abordagem tangível permite que elas internalizem conceitos abstratos de geografia, ciências, cultura e história de maneira concreta e significativa.
Além disso, o ambiente Montessori é projetado para refletir a diversidade cultural e natural do mundo, proporcionando às crianças uma compreensão ampla e respeitosa das diferentes culturas, tradições e ecossistemas. Através de materiais educativos adequados, as crianças aprendem sobre diferentes países, povos, fauna e flora, estimulando a empatia, a compreensão e o respeito pela pluralidade cultural.
Ao fomentar o conhecimento de mundo na educação infantil Montessori, as crianças desenvolvem uma base sólida para a compreensão global e interconexão entre os diversos aspectos do nosso planeta, preparando-as para se tornarem cidadãos conscientes e globalmente engajados no futuro.

Coordenação

A Happy House é comandada e dirigida pelas irmãs Cristie e Carine.

Cristie de Maio Prieto

Coordenadora Pedagógica

Carine de Maio Prieto

Coordenadora Administrativa e Financeira

Perguntas frequentes

Aqui você poderá encontrar as respotas para as perguntas mais frequentes a respeito do Sistema de Ensino e da Metodologia

  • Por que a Educação Infantil?

    Entre as idades de 3 a 6 anos, as crianças se encontram num periodo sensível para o aprendizado. Nesta idade, elas podem de maneira prazerosa absorver muitos conceitos algumas vezes difíceis se os fizerem de maneira concreta. Numa sala montessoriana, por exemplo, uma unidade decimal não é simplesmente um número no papel, é algo que a criança pode segurar em suas mãos. Estes materiais concretos têm o objetivo de conduzir a criança ao conceito abstrato em situações de aprendizado no futuro.

  • O nome Montessori vem da criadora deste método de ensino. O método Montessori traz uma filosofia e metodologia que foi desenvolvida durante décadas através dos estudos de Maria Montessori. Maria Montessori era uma médica, antropóloga e estudioso do desenvolvimento do ser humano. Maria largou a profissão de médica depois de trabalhar com crianças com limitações que surpreenderam com o sucesso na área acadêmica com a atenção e foco do trabalho dela. Hoje o método se encontra em escolas no mundo inteiro, na rede pública e privada..

  • O programa de ensino Montessoriano ajuda crianças a terem auto-controle, direção e independência. Uma criança com essas habilidades pode se ajustar facilmente a qualquer estrutura educacional.

  • Montessori dizia: “O maior problema da liberdade; seu significado e repercussões devem ser claramente entendidos. A idéia adulta de que liberdade consiste simplesmente em minimizar tarefas e obrigações deve ser rejeitada. A liberdade dada a criança não é a liberação dos pais e professores; não é liberdade das leis da natureza ou da sociedade, mas sim a mais elevada liberdade de auto desenvolvimento e auto realização compatível com o servir à sociedade.” No ambiente montessoriano a liberdade é a oportunidade de se fazer escolhas apropriadas num ambiente que oferece oportunidades ricas.

  • O ambiente pré-escolar montessoriano é criado para ciranças dos 3 aos 6 anos de idade. Pelo fato de nenhuma criança crescer e amadurecer extamente da mesma maneira, os materiais disponíveis a elas são variados e numerosos. A atividade apropriada para o momento certo está lá para ser apresentada à criança quando esta estiver preparada ou escolher por conta própria de acordo com seus interesses. Entretanto, nenhuma criança é retida se suas habilidades indicarem a necessidade de se avançar e progredir ou, ao contrário, nenhum criança é pressionada a desenvolver ou refinar habilidades que ela ainda não esteja preparada para dominar.

    Os períodos sensíveis de cada criança podem ser capitalizados dentro de um ambiente de idades mistas. Ao mesmo tempo, dentro de uma sala montessoriana, estao disponíveis nas prateleiras cerca de 300 atividades para apresentações. Além disso, as vantagens de uma criança entrar em uma sala com 3 anos e permanecer nela até os 6 são inúmeras. A criança tem tempo de se adaptar ao ambiente, crescer e se desenvolver sem ter que passar por readaptações a cada 12 meses. As crianças com mais experiência na sala ajudam os mais novos em suas tarefas, criando assim um ambiente não-competitivo e uma atmosfera muito acolhedora. A transição de casa para a escola e muito mais fácil e prazerosa dentro deste ambiente.

  • Sim, em um ambiente Montessoriano, as crianças aprendem a trabalhar em grupo através de atividades colaborativas e interações respeitosas com os colegas. O método Montessori valoriza a autonomia individual, mas também reconhece a importância do trabalho em equipe. As crianças são incentivadas a compartilhar, comunicar e colaborar para alcançar objetivos comuns. O ambiente Montessori promove a interação social de forma inclusiva e construtiva.

  • Já se observou que crianças durante o processo de trabalho demonstram auto-disciplina e concentração durante a atividade. As crianças apreciam o trabalho se o fazem por escolha própria e se o trabalho é apropriado. A disciplina é o trabalho do professor e a resposta é: redirecionar a criança para um trabalho que exige a concentração. A filosofia Montessoriana é baseada no respeito. Cada indivíduo é livre para escolher dentro dos limites que respeitam os direitos de todos os outros. Existem regras básicas dentros das quais todos podem trabalhar calmamente e estas devem ser respeitadas.

Localização

Localização:

Rua Caraíbas, 201 - Jardim do Mar
S.B.Campo / SP
CEP: 09725-660

Telefone:

(11) 2758-4340